Sabe o que condomínios, prefeituras, empresas e residências têm em comum? Geralmente esses locais contam com jardins. E para cuidar desses espaços que têm cada vez mais conquistado os brasileiros está o jardineiro.

jardinagem

Conforme o Sebrae, o interesse das pessoas por plantas e sustentabilidade, principalmente em virtude da maior conscientização sobre a manutenção das condições do meio ambiente, representa uma oportunidade para esse segmento de negócio. Harmonizar os ambientes onde as pessoas habitam cotidianamente, seja em casa ou em espaços corporativos, vem se mostrando uma tendência cada vez mais forte – e uma parcela cada vez maior dos gastos da população vem sendo feita na ambientação de espaços urbanos.

Os números de mercado comprovam a força da jardinagem:

  • De acordo com o Instituto Brasileiro de Floricultura (IBRAFLOR), o mercado brasileiro de flores e plantas ornamentais movimentou R$ 8,1 bilhões em 2018.
  • Atualmente, o Brasil figura entre os 15 maiores produtores de flores e plantas do mundo. O setor ornamental – que inclui decoração, jardinagem e paisagismo – se destaca nos índices de crescimento. O consumo per capita anual no Brasil é de R$ 42,00.
  • As plantas ornamentais fazem parte da valorização de imóveis, o que traz boas perspectivas para os mercados de jardinagem e de paisagismo.
  • Dados do Sebrae indicam que o público consumidor deste tipo de serviço é formado principalmente por pessoas das classes A e B, que no Brasil representam mais de 38 milhões de pessoas. Vale lembrar que o mercado consumidor é ainda maior, se considerarmos os apartamentos e edifícios empresariais espalhados pelo Brasil.

Você ama estar em contato com a natureza? Trabalha ou já pensou em trabalhar na área de jardinagem? Procura se especializar nessa área e desenvolver mais habilidades? Conte mais nos comentários.

Para mais dicas como essa acesse: https://blog.stihl.com.br/

 

Deixe um comentário

Tags permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>